Uma Mãe que Ora não confia em suas próprias Habilidades, ela confia em Deus!

Quando estiver dito e feito

Cada temporada de maternidade oferece novos desafios e novas oportunidades para crescermos em nossa confiança em Deus. Quando nossos filhos veem pela primeira vez a nós, nossas orações geralmente são pedindo força para permanecermos mais um noite acordada com uma criança doente. Força para os anos de ensino para os bebês. Força para atender às demandas físicas de ter os pequeninos aos seus pés e ao mesmo tempo conciliar um lar, um casamento, trabalho secular e suas responsabilidades.
É tentador sentir que estamos no controle quando nossos filhos são pequenos. Afinal, nós definimos o cronograma, certo? Conforme nossos filhos crescem, ainda precisamos confiar em Deus, mas o tom de nossas orações muda. As coisas parecem um pouco menos sob nosso controle (porque estão!). E precisamos de sabedoria. Precisamos confiar que Deus nos dará a combinação certa de graça e disciplina para chegar à raiz dos problemas do coração, em vez de apenas nos concentrarmos no comportamento externo.
Quando tudo estiver dito e feito, uma mãe que ora não confia em suas próprias habilidades; ela confia em um Deus forte e soberano.
Eu bem sei como é difícil confiar no plano do Senhor quando ele se desenrola de forma tão diferente da agenda que traçamos com tanto cuidado. Mas nas mãos de Deus, as provações que ameaçam nos derrubar são exatamente as coisas que podem aumentar nossa confiança nEle.
eiricka  @eirickabraga
#fé #cuidandodasproximasgeracões #princípios #valores #palavradeDeus

Quem postou?
Compartilhe!