Use melhor suas palavras e viva em Paz!

IMG_5381-2

Na reunião de ontem tivemos a presença do pastor Jeremias Pereira, da Oitava Igreja Presbiteriana de Belo Horizonte. Ele é pai de três filhos casados e tem uma enteada. Ao lado da primeira esposa, e do pastor Marcelo Gualberto, o pastor Jeremias fundou em 1995 o movimento Desperta Débora. Esse trabalho é uma bênção e tem levado muitas mães de todo o mundo a intercederem pelos filhos. A Ana Maria morreu de câncer em 2000, ele se casou novamente e continua sendo um exemplo de pai que ora pelos filhos. Além disso ele é pastor da Poliana e por isso tivemos a alegria de convidá-lo e recebê-lo para compartilhar conosco a Palavra.

Bem, o pastor Jeremias começou dizendo que as famílias não vêm prontas, elas são construídas. E tudo isso é um processo. Ele nos levou a ler 1 Pedro 3.8-12, que diz:

“Quanto ao mais, tenham todos o mesmo modo de pensar, sejam compassivos, amem-se fraternalmente, sejam misericordiosos e humildes. Não retribuam mal com mal nem insulto com insulto; pelo contrário, bendigam; pois para isso vocês foram chamados, para receberem bênção por herança. Pois, ‘quem quiser amar a vida e ver dias felizes, guarde a sua língua do mal e os seus lábios da falsidade. Afaste-se do mal e faça o bem; busque a paz com perseverança. Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos e os seus ouvidos estão atentos à sua oração, mas o rosto do Senhor volta-se contra os que praticam o mal’ “.

Devemos usar esse ensinamento bíblico não apenas na construção da nossa família, mas também com os outros grupos de pessoas com quem relacionamos. O pastor Jeremias então apontou quais são esses grupos: família, amigos (tanto as pessoas do nosso convívio profissional, como amigos pessoais), nós mesmas e Deus.

Mas como podemos aplicar essa passagem de 1 Pedro com cada grupo? Pode ser mais simples do que a gente pensa:

1- A família: Devemos reforçar o nosso relacionamento familiar por meio do diálogo. Precisamos conversar com cada um daqueles que moram conosco todos os dias, criando especialmente um vínculo com os filhos. Para isso temos que usar bem as palavras. Se você errou, reconheça, peça perdão e conserte! Se você tem um relacionamento distante com o seu marido, vá até ele e faça as pazes. Pacifique o seu coração, seja menos exigente. Ame a vida. Mas não deixe de confrontar quando for necessário. Crie relacionamentos bons também com as noras, com os genros, com os sogros e as sogras. Eles também são da família. Sempre tenha paz em todas as suas ações.

2- Os amigos (e aqui entram os colegas, chefes, vizinhos, amigos de infância, de trabalho, da igreja…): Precisamos conversar melhor com as pessoas. Inclusive evitar alguns comentários que não fazem bem. Quando perceber que erramos, temos que ser humildes. Devemos escolher as nossas palavras com sabedoria, porque elas podem ferir e destruir. Devemos parar de guerrear com as pessoas e viver em paz. A vida não é 8 ou 80. Ela pode ser leve.

3- Com a gente mesmo: Converse mais com você. Não se detone, nem se exija tanto. Reconheça seus defeitos e trabalhe para melhorá-los, mas também valorize as suas qualidades. Não guarde rancor no seu coração e pratique o bem. Abandone os hábitos ruins, que você sabe que são errados. E pare de brigar com você mesma.

4- Com Deus: Você precisa ter cuidado com o que fala com o Senhor. Aliás, antes de qualquer coisa você tem que ter esse momento especial para falar a sós com Ele. Ore com mais fervor e perseverança. E creia que Ele vai te recompensar por tudo o que você fizer de bom, como está escrito em Efésios 6.8:

“Porque vocês sabem que o Senhor recompensará a cada um pelo bem que praticar”.

Foi uma manhã preciosa, com ensinamentos tão simples, mas tão importantes. Esperamos que vocês também tenham sido abençoadas! Ah, ele também nos ensinou sobre a importância do jejum. Mas sobre isso, vamos falar amanhã.

Deus te abençoe e viva em paz!

Quem postou?
Compartilhe!

Os Benefícios da Massagem!

Processed with Moldiv

Toda mulher merece tirar um tempo para cuidar de si. Corremos o tempo todo, estamos sempre atentas às necessidades dos maridos, dos filhos, da casa, e muitas vezes acabamos nos esquecendo de cuidar de nós mesmas. Quem nunca passou em frente à um spa ou salão de beleza e ficou tentada a simplesmente esquecer do mundo durante uma sessão de massagem? Mas aí, outras prioridades vêm a mente, a massagem parece uma futilidade diante de outras necessidades, e voltamos à maratona diária.

Bem, curiosamente a autora Joyce Meyer no livro Pareça-se Maravilhosa, Sinta-se Maravilhosa, fala sobre isso. Ela conta que durante uma viagem passou por crises de enxaqueca. Ela estava com os músculos do pescoço enrijecidos e não se sentia bem, e tinha que ministrar em uma reunião. O pastor então sugeriu que uma fisioterapeuta da igreja a atendesse. Ela aceitou, com muita relutância, sem acreditar que aquilo de fato fizesse diferença. Mas ficou tão impressionada com o resultado que abordou o assunto em um livro!

Durante a sessão Joyce conta ter sentido a dor de cabeça ir embora, e relata outros benefícios que descobriu:

“A massagem ajuda a relaxar o corpo, faz o sangue circular até à superfície da pele, força as toxinas a saírem do músculo, ajuda o tônus da pele e gera uma sensação de bem estar em todo o corpo”.

E ela confessa que depois disso se tornou uma adepta. Se você ainda não se convenceu, veja agora o que diz essa pesquisa realizada no Centro Médico Cedars-Sinais, em Los Angeles. A versão online do estudo foi publicada no “The Journal of Alternative and Complementary Medicine”.

53 adultos saudáveis foram divididos em 2 grupos. 29 pessoas foram submetidas a 45 minutos de massagem sueca intensa. As outras 24 a uma sessão de massagem leve. Todas tiveram amostras de sangue colhidas para que os pesquisadores analisassem se houve algum benefício biológico. Os resultados impressionaram.

O grupo que fez a massagem sueca apresentou redução nos níveis do cortisol, que é conhecido como o hormônio do stress. Ao mesmo tempo as pessoas tiveram um aumento dos glóbulos brancos, que fazem parte do sistema imunológico. Ou seja, os participantes deste grupo saíram da sessão mais relaxados e com a imunidade fortalecida.

O grupo que fez a massagem relaxante também teve benefícios. Os participantes tiveram elevação da oxitocina, um hormônio associado ao contentamento e confiança, e apresentaram a redução de um outro hormônio que estimula as glândulas adrenais a liberar o cortisol. Ou seja, eles saíram mais leves, confiantes e mais relaxados.

E agora? Ficou convencida? Que tal marcar um horário na massagista mais próxima? Nunca se esqueça de cuidar de você.

Fontes:

http://saude.ig.com.br/bemestar/beneficios-da-massagem-vao-alem-do-relaxamento/n1237782953987.html

“Pareça-se Maravilhosa, Sinta-se Maravilhosa”, Joyce Meyer (2010). Editora Bello Publicações.

Quem postou?
Compartilhe!

Quando o Sonho tem voz!

Processed with Moldiv

Processed with Moldiv

Quem nos acompanha desde o início sabe que começamos o ministério de um jeito despretensioso. Éramos apenas mães que se reuniam para orar pelos filhos. Ponto. Mas, rapidamente fomos surpreendidas pelo alcance dos encontros e percebemos que Deus estava preparando algo mais. Notamos que muitas mulheres também sentiam a necessidade de fazer algo do tipo, e várias pessoas passaram a nos perguntar como tudo acontecia. Então, surgiu a ideia de criar uma logomarca, de estabelecer algumas direções, e de divulgar o que estávamos vivendo. Queríamos mostrar para outras mães que elas também podiam se reunir. E assim o Mães que Oram foi crescendo.

Antes tínhamos apenas uma página provisória na internet e muitas ideias. Mas todas as mensagens legais que chegavam, criaram em nós o desejo de ampliar o trabalho! Foi assim que decidimos criar um perfil no Instragram (@maesqueoram, você já nos segue?), a conta no Facebook (você já curtiu? facebook.com/euoropelosmeusfilhos) e um canal de vídeos no Youtube (você já se inscreveu?)! Celebramos cada novo seguidor, cada recado recebido e todas as vezes que vemos alguém compartilhar um conteúdo produzido por nós, vibramos!

Este blog (e o site novo que está lindo!!) é a “cereja do bolo”. Nesses quase 20 dias em que está no ar já compartilhamos estudos, mensagens, reflexões, entrevista, dicas e não paramos de sonhar!

O lançamento oficial foi no dia 6 de maio. Para marcar a data reunimos algumas mães que fazem parte dessa história e tivemos um tempo maravilhoso. Agora o vídeo oficial ficou pronto e queremos compartilhar com vocês a nossa alegria.

No Salmo 126.3 está escrito: “Grandes coisas o Senhor fez por nós, por isso estamos alegres”. Assistindo ao vídeo fica bem fácil de ver as nossas expressões de felicidade!

 

 

 

 

 

 

Quem postou?
Compartilhe!