Livrai-nos do dia mau!

Mães na cidade de Mariana, em Minas Gerais, estão lamentando as mortes dos filhos. Mães em Paris também choram. Nos últimos dias os noticiários estão repletos de más notícias. Para muitas famílias chegou o dia mau. Aquele em que só há choro. Em que as perguntas ficam sem respostas. Em que a saudade veio para ficar.

Em Mariana uma barragem rompida carregou pessoas, casas, bens e lembranças. Em Paris o terrorismo interrompeu vidas, exterminando a alegria. Outras tragédias também aconteceram pelo mundo. Tudo no mesmo mês. Para quem assiste a tudo fica a pergunta: onde vamos parar?

A Bíblia nos conta, no livro de Apocalipse, que um dia o mundo chegará ao fim. Jesus voltará para buscar aqueles que foram fiéis, que se entregaram e confiaram nEle. Mas até lá teremos que lidar com as ações do Inimigo, com a maldade do ser humano e todas as suas consequências.

No Salmo 23 lemos que mesmo no vale da sombra da morte, o Senhor está conosco. Como um Pai zeloso Ele não nos abandona e caminha ao nosso lado mesmo nos momentos mais sombrios. Por isso, mesmo quando nos surpreendemos com tantas atrocidades, sabemos que não estamos desamparados. O Senhor está conosco.

Como mães também precisamos estar ao lado dos nossos filhos. Precisamos amá-los, como se não houvesse amanhã. Afinal, para aquelas vítimas da barragem rompida e dos ataques terroristas, o dia nunca amanheceu. Para aquelas vidas que se foram, o mundo de fato acabou. Para as famílias enlutadas ficou a memória, a dor… Os relacionamentos quebrados não poderão mais ser concertados. Aquele pedido de desculpas não poderá ser feito. Aquela visita que ficou para outro dia, não terá outra chance de acontecer.

Por isso, precisamos amar mais. Abraçar mais. Conversar mais. Não sabemos o que nos aguarda no futuro, mas sabemos que o mundo jaz no maligno. (I João 5.19). Devemos ter esperança de dias melhores, mas não podemos deixar para resolver questões, para perdoar, quando tudo estiver mais propício. Afinal, não sabemos quanto tempo ainda temos ao lado das pessoas que nos são preciosas.

Não podemos voltar no tempo e mudar o que já se foi. Mas podemos mudar o hoje. Podemos transformar o futuro se tomarmos decisões sábias agora. Que a lama que inundou Mariana carregue o nosso orgulho. Que a tragédia que assolou Paris acabe com a nossa procrastinação. Que a maldade que assistimos calados diante da TV desperte o nosso melhor lado. E que o Senhor nos livre do dia mau.

Quem postou?
Compartilhe!