Jejum Intermitente

O jejum intermitente pode ajudar a melhorar a imunidade, potencializar a desintoxicação e também
melhorar a disposição e agilidade mental. Este tipo de jejum consiste em não comer alimentos
sólidos entre 16 e 32 horas algumas vezes por semana de forma programada, voltando a
uma alimentação habitual, de preferência baseada em alimentos com baixo teor de açúcar e
gorduras.
Para conseguir os benefícios, a estratégia mais comum para iniciar este jejum é ficar sem
comer por 14 ou 16 horas, apenas ingerindo líquidos, como água, chá e café sem açúcar, mas
este estilo de vida só é aconselhado para pessoas saudáveis e, ainda assim, é necessário
o consentimento e apoio de um médico, enfermeiro ou profissional de saúde que tenha
conhecimento deste tipo de jejum, para garantir que seja bem feito e faça bem para a saúde.

Durante o Jejum você pode tomar o café Metabólico, vamos lá:
1 xicara de café de 100ml
1col de sopa de óleo de coco
1 col de chá de canela
1col de sobremesa de leite de coco sem açúcar

Bater no liquidificador
Depois esquentar para tomar quentinho!
• Melhora função intestinal
• Regularizar a insulina e glicose
• Melhora a performance do cérebro
• Melhora o perfil do colesterol
• Melhora a função imune
Acelera o metabolismo: Ao contrário da crença que se tem de que jejum pode diminuir o
metabolismo só é verdade em casos de jejuns muito longos, como acima de 48h, mas, nos
controlados e curtos, o metabolismo fica acelerado e favorece a queima de gordura.
Regula hormônios, como insulina, noradrenalina e hormônio do crescimento: ajuda a equilibrar
hormônios do corpo que estão associados a perda ou ganho de peso, como, por exemplo,
a diminuição da insulina e aumento da noradrenalina e hormônio do crescimento.
Não favorece a flacidez: Esta dieta não diminui a massa muscular como em outras dietas que
fazem uma grande diminuição de calorias e, além disso, ajuda a aumentar o músculo devido a
produção do hormônio do crescimento.
Elimina células defeituosas do corpo: já que o corpo torna-se mais ativo para eliminar
substâncias e células alteradas, que poderiam causar doenças, como o câncer, por exemplo.
Tem ação anti-envelhecimento: porque estimula o organismo a viver mais tempo,
evitando doenças e fazendo os órgãos e tecidos do corpo viverem mais tempo.

O que comer apos Jejum Após o jejum

É importante começar ingerindo alimentos: ovo cozido, carnes magras grelhadas ou cozidas.
Verduras cozidas, cruas e legumes.

Além disto, quanto mais tempo sem comer, menor deve ser a quantidade de comida,
especialmente na primeira refeição, para garantir uma boa capacidade digestiva e o bem estar.

Controle da COMPULSÃO
• TINTURA DE MELISSA
Uso: 5 gotas de 3 em 3 horas

Ou use óleos essenciais: Lavanda, calêndula, melissa …pingue umas 10 gotinhas no elástico de cabelo de tecido e cheire
quando vier aquela Ansiedade!

Nutricionista Carolina Viola

 

Quem postou?
Compartilhe!