Há poder nos joelhos que se dobram!

Houve um tempo em que o Brasil foi tomado por um grande avivamento. As igrejas se encheram de pessoas sedentas por Deus, muitos se converteram e tiveram experiências inesquecíveis com o Senhor. Ele usou o louvor e adoração para marcar esse momento histórico. Não dá para negar que a música teve um papel crucial para trazer para o nosso país um sopro de vida para as igrejas. Mas os anos passaram, muitos se esfriaram e aquela chama tão gostosa foi diminuindo, quase se apagando. Creio que um novo sopro de avivamento virá sobre o Brasil, mas dessa vez por meio da oração.

A oração é uma arma poderosa. Em dias tão maus quanto os que temos vivido, com tantas tragédias nas famílias, na sociedade e pelo mundo, não temos outra opção senão nos curvarmos diante do Senhor clamando pela misericórdias dEle.

É neste contexto que nasceu a reunião Mães em Contato. Essa reunião é um ajuntamento de mães que oram pelos filhos, pelos maridos, pelas famílias, pela nossa nação. Cremos que hoje colhemos na nossa sociedade frutos de famílias disfuncionais, de mães que foram relapsas, displicentes, ao não dar a importância devida à oração e ao estudo da Palavra com os filhos. Somos tão consumidas pelo trabalho, pelas tarefas, pela busca da estabilidade financeira e profissional, que perdemos o nosso foco. Nos ocupamos com mil atividades e somos tentadas a deixar a oração e o tempo de comunhão com o Senhor em família para depois. Mas queremos nos levantar contra isso. Queremos lutar contra tudo aquilo que nos afasta do Senhor. Mesmo que pareça ser uma missão tão difícil. Não podemos controlar as epidemias, as tragédias, o que passa na televisão e na internet. Mas podemos orar a Deus. Ele é soberano sobre todas as coisas.

Na última quarta-feira tivemos a segunda reunião do Mães em Contato. Estivemos na Lagoinha Castelo com quase mil mães que se ajoelharam para orar. O louvor foi dirigido pela Mariana Valadão, a pregação foi feita pela Helena Tannure, mas a melhor parte foi quanto todas nós nos curvamos para interceder. Há poder nos joelhos que se dobram. Há poder quando uma mãe ora.

Nesta terça, dia 23, vamos nos reunir de novo. Dessa vez na Lagoinha Vila da Serra, com a pregação da doutora Ilma Cunha. Se você reconhece que precisa orar pela sua família, se você sabe que depende totalmente de Deus para sobreviver aos dias maus, venha estar conosco. Venha orar conosco. Venha se ajoelhar conosco. Esperamos você.

Deus te abençoe.

Quem postou?
Compartilhe!