Eu quero a minha cama!

Você sabia que uma pesquisa revelou que mulheres precisam de mais horas de sono para ficarem de bom humor? Pronto! Agora você já tem uma ótima desculpa para caprichar na hora de dormir! E com embasamento científico!

Mas falando sério, uma pesquisa realizada pela Univerdade de Duke, na Carolina do Norte (EUA), analisou os hábitos de sono de 210 pessoas. Os resultados revelaram que mulheres que não dormem o suficiente ficam mais hostis e zangadas de manhã, em comparação com os homens que passam o mesmo tempo na cama. Impressionante, não é mesmo? Mas a explicação é simples: a diferença hormonal faz com que nós precisemos de mais tempo de sono que eles. Por isso, não se sinta mais culpada se você perceber que precisa descansar mais que seu marido. Segundo a pesquisa, uma noite de sono ruim provoca sofrimento mental e físico para as mulheres manterem os hormônios em equilíbrio. Daí o mau humor. E segundo o professor Edward Suarez, que participou do projeto, para as mulheres dormir mal se associa a alto nível de aflição, sentimento de hostilidade, depressão e raiva. Já nos homens… isso simplesmente não acontece.

Kathy Peel, abordou esse assunto no livro Donas de Casa Estressadas. No livro que fala sobre administração familiar, ela diz que muitas mulheres dormem mal e já acordam cansadas e preocupadas com a maratona que vão enfrentar ao longo do dia. O resultado é que o período da manhã, que é exatamente quando deveríamos estar mais tranquilas, se torna o mais tenso. Porém, ela faz um alerta muito sério: a manhã ajusta todo o dia. E cabe a nós, mulheres, moldar a forma como a nossa família vai se portar nesse período que tem o poder de influenciar as outras horas que virão.

A manhã é como se fosse a plataforma de lançamento. Por isso, devemos acordar os nossos filhos com calma, usando palavras doces. Assim podemos enviá-los para o mundo, de um ambiente feliz e tranquilo. Mas se agirmos de uma forma diferente, podemos convidar o caos para sentar-se à mesa do café e nos acompanhar ao longo do dia. E infelizmente é esse caminho que muitas mulheres escolhem…

Mas como sair desse ciclo de noites mal dormidas, manhãs nervosas e dias exaustivos? Podemos começar de um jeito muito simples: dormindo mais cedo. Se a ciência nos diz que precisamos de horas de sono suficientes para ficarmos bem, temos que nos educar para isso. Precisamos descobrir quantas horas são necessárias para atingir esse ponto de equilíbrio, afinal cada organismo funciona de um jeito. É claro que algumas pessoas não conseguem prolongar as horas de sono por causa das atribuições, como trabalhar durante todo o dia e estudar a noite. Mas se conseguirmos diminuir, nem que seja um pouco, o ritmo acelerado da família antes de ir para a cama, já vamos ter ganhos consideráveis.

Algumas pessoas dormem tarde por hábito, e se agarram à ideia de que é impossível colocar todos nos quartos. Mas isso não é verdade. Comece se esforçando em antecipar o horário normal em 15 minutos. E aos poucos tente encontrar um ritmo que se torne mais favorável a você e a toda família. Hoje pode parecer difícil, mas em breve todos agradecerão.

Acordar cedo pode também se tornar um bom hábito se todos compreenderem que é importante se levantar com calma, tomar café da manhã sem tanta pressa, ter tempo para  trocar palavras carinhosas, e evitar atrasos. O dia fica mais produtivo, os relacionamentos ficam mais leves e a vida familiar flui melhor. E conviver com pessoas bem humoradas logo cedo, tem o poder de deixar o dia infinitamente mais prazeroso.

Mudar comportamentos não é fácil, mas é possível. Depende simplesmente que alguém perceba que tem como ajustar o que não está funcionando e se disponha a sair do lugar de conforto. E neste caso, ir para o lugar de conforto é exatamente o que estamos sugerindo.

E você? Está esperando o que para colocar todo mundo para dormir?

Tenha uma boa noite de sono!

 

Quem postou?
Compartilhe!