E os meninos?

No último post falamos sobre a importância dos pais tratarem as filhas como princesas, para que elas saibam o que esperar de um homem no futuro. Existe inclusive um ministério, chamado Escola de Princesas, que promete ensinar as meninas a se portarem como tais, resgatando valores, reforçando hábitos saudáveis e criando referenciais.

Mas e os meninos? Onde eles ficam nessa história? Bem, eles também precisam de referências. Se queremos que as nossas filhas saibam o que esperar dos companheiros no futuro, devemos preparar os meninos para tratá-las de tal maneira. Por isso os pais devem se preocupar em formar nestes garotos, homens que sabem como respeitar uma mulher. Infelizmente poucos são os pais que se importam em passar tempo junto com os filhos homens, investindo no relacionamento individual e ensinando gestos de cavalheirismo, como: abrir a porta de um carro, puxar a cadeira, oferecer o braço, estender a mão, falar palavras boas.

Os meninos precisam conviver com os pais. Eles precisam aprender como ser um bom homem, como ser o chefe de uma família, como se relacionar. E nada melhor do que ter um bom exemplo em quem se espelhar. Por isso, encoraje seu marido a passar um tempo a sós com os seus filhos. Estabeleça um dia para que eles tenham um momento especial dos meninos. E que assim saiam para conversar, para se olhar nos olhos, para criar vínculos e um bom referencial.

Além disso, as crianças se espelham no relacionamento dos pais. Não há nada melhor para elas do que verem dentro de casa o pai e a mãe felizes, se amando, se respeitando, se tratando com honra. É no ambiente familiar que eles passam a ver que as mães também são esposas, e que os pais são maridos.

Se queremos influenciar as próximas gerações, está na hora de ensinar bons modos para as nossas crianças, meninos e meninas. E isso depende apenas de nós.

Quem postou?
Compartilhe!

Princesa do papai!

Toda menina cresce rodeada pelas histórias de princesas. Nos contos de fadas elas moram em castelos, usam roupas rodadas, e sempre encontram um príncipe encantado que as tratam com amor, dignidade e honra. E assim podem desfrutar de um final feliz!

O apresentador Marcos Mion, pai de 3 crianças, postou nas redes sociais que ele faz questão de que a filha de 7 anos saiba que é uma princesa de verdade! Como? Separando tempo só para ela. Veja o que ele escreveu!

http://mulher.uol.com.br/comportamento/noticias/redacao/2015/09/04/mion-mima-a-filha-para-ensina-la-que-toda-mulher-deve-ser-bem-tratada.htm

Muitas meninas crescem sem o mesmo privilégio da pequena Donatella. E assim correm o risco de não enxergarem o valor que têm, como garotas amadas, preciosas, dignas de serem bem tratadas. Muitos pais não têm tempo ou simplesmente não acham que seja importante investir individualmente em cada criança. Aí o tempo passa, as meninas crescem e esperam encontrar atos de afeto nos relacionamentos amorosos com os príncipes da vida real. Mas o mundo pode ser cruel, e nem sempre elas chegam a um final feliz.

Essa acaba sendo uma estratégia muito usada pelo inimigo para ferir, traumatizar e deixar marcas que afetarão os relacionamentos futuros, criando uma geração de mulheres sem identidade, sem referencial e frustradas. Mas tudo isso pode ser revertido com amor. O amor demonstrado em gestos pelo primeiro homem da vida delas: o pai.

Que essa atitude linda compartilhada pelo Marcos Mion possa influenciar outros pais a valorizar as filhas, a investir tempo, a mostrar como age um homem de verdade.

Palmas para esse papai!

Quem postou?
Compartilhe!

Tem grupo novo na área!

Na semana passada tivemos um encontro muito especial. Participamos de uma reunião na escola infantil Ideia de Criança. As diretoras têm um projeto que se chama Sofá Roxo. A história do sofá é a seguinte. A escola tinha esse sofá que ficava na recepção. Aí as mães costumavam ficar ali, conversando, enquanto esperavam as crianças. Daí veio a ideia de fazer uma reunião com as mulheres uma vez por mês, sempre na última semana. Seria a oportunidade delas conversarem, se conhecerem melhor e aprenderem algo novo, já que sempre existem convidados especiais. A Flávia Borja, que é uma das diretoras, fez o nosso treinamento e nos convidou para explicar para as mães dos alunos como funciona o nosso ministério. Cerca de 80 compareceram!

Eu falei sobre o privilégio das famílias terem as suas crianças crescendo protegidas, dentro de uma escola cujos ensinamentos são fundamentados na Bíblia. Mas elas precisam orar assim mesmo. Primeiro sempre agradecendo a Deus por este privilégio, e depois porque as crianças vão crescer e enfrentar novos desafios. Especialmente quando encerrarem essa fase da vida e partirem para as escolas de ensino fundamental. Elas precisam estar preparadas. As mães entenderam e abraçaram a ideia. E o mais legal: a escola disponibilizou e reformou uma sala para que as reuniões aconteçam lá dentro! A primeira será hoje !

Estamos muito felizes por mais esse grupo e cremos que grandes coisas Deus vai fazer, nas vidas das mães e das crianças, por causa do poder que há na oração.

Se você também quer abrir um grupo, se prepare! O Treinamento Online está quase pronto! E também teremos um presencial aqui em Belo Horizonte dia 24 de Setembro as 19:30 no auditorio da  Escola Ideia de Criança, para maiores informações acesse o link abaixo:

www.maesqueoram.com/treinamento/

Deus te abençõe!

 

Quem postou?
Compartilhe!